Google+ Followers

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

A semana



*google images



Começou a chover e eu pergunto "com que roupa eu vou".
Sem cama, sem diamante, sem entender nada de nada.
Tem sido bom observar alguns grupos e atores sociais cantando na semana que passa.
Primeiro as senhorinhas da APP Sindicato, umas lindas, com suas vozes ternas.
O grupo delas fez 30 anos no dia 15.
Aqui e o naipe das sopranos, não sei de quem e a foto, alguém da associação tirou...
Tem mulheres cantando há trinta anos lá.


Ai eu  fui rever minha performance junto a Dona Sira, corrigir finais de frase e notas sustentadas.
Logo após fui tossir no ensaio do Terra Sonora, arrasada por ter pisado num coco bem fedido que emporcalhou o ambiente e me obrigou a finalmente me desfazer do único sapato que uso.
Mais tarde, o exercício com novas parcerias não escolhidas por mim, aliar Lian Gong com canto e tentar convencer a um grupo promissor que vale a pena cantar em publico, nem sei por que ando falando isso...

Próximo passo, como quem tira o "coelho da cartola", propor a realização de show grátis para publico no mínimo cheio de marra e de tudo saber, que assiste ao outro de braços cruzados, esperando o colega "se ferrar". Tudo isso numa tentativa de dar sentido a um novo ano letivo um tanto caduco.
Em seguida a briga de foice no grupo "Canções de Ar" e nem vou comentar isso.
Mais tarde, os futuros atores sobre os xilofones e uma assembleia estudantil citando Brecht, dialética ou qualquer coisa assim.
Então a princesa linda, futura ex-atriz, cabelos longos, cacheados, que veio me contar "tenho uma doença degenerativa, todos os meus movimentos corporais cessarão em um ano e eu não podia vir pra sua aula, você e o meu retrato agora..."
Depois o "sound painting" do Ricardo, outro futuro ator-diretor teatral.

Então os homens, a ciranda, as palmas, "esfregas", a pelve árabe,  o intervalo de quarta, de quinta, a retomada, o 54321, o gospel, o Renato Russo, a Madonna, a Elis e o pessoal a pontuar "você precisa melhorar a respiração"... onde, como e por que só eles sabem... falei de trabalho, pra alguns já se avizinha no horizonte o trajeto a percorrer, para outros e busca do inimigo interno.

Venho para casa no fim do dia, Deus resplandece ao por-do-sol e eu me embrenho nessa rede... um amigo, ator global no Rio de Janeiro, usou um termo pra ela que não lembro agora...
Vou revendo todo trajeto de ação pedagogico-artistica  e penso no que me espera amanhã. Tina Turner...
No condomínio, por sorte só ouço conversas e sinto cheiro de churrasco, feito naquelas churrasqueirinhas de americano... musica não se ouve por aqui, a não ser o teclado da chuva - ah, um ou outro ribondar de baixo em uma caixa de amplificação distante...
Deixei, na semana que vai, alguns cantores a ver navios, fiquei muito triste por ser um espelho quebrado e não tinha desejo de cantar depois da noticia... então me veio o gospel, e antevi a possibilidade de qualquer cantor aceitar sua sina de feiticeiro, xamã, druida, bardo e jornaleiro, senão jornalista.
Continuar a trabalhar, esse e o único movimento a fazer no momento.
A responsabilidade canta para mim.
Que me venha o ultimo dia desta semana, com a bênção dos guias espirituais.
Evoe.

Sarvesham Shantir bhavatu
Sarvesham Purnam bhavatu
Sarvesham Mangalam bhavatu.
Om - Puede ser auspicioso para con todos.
Que la paz sea con todos.
Que la plenitud sea con todos.
Que la prosperidad sea con todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário